Uber vai testar aluguel de motos elétricas no aplicativo

A Uber é uma das maiores empresas que promovem viagens por aplicativos do país, mas é interessante mencionar que se trata de um negócio internacional.

E justamente por ser essa potência internacional, a Uber tem liberdade para lançar diversas tendência, como você pôde conferir após o lançamento do Uber Eats, um delivery pelo aplicativo.

A novidade do momento é que a Uber está com um projeto de aluguel de motos elétrica através do aplicativo. Muita gente tem estado curiosa sobre a notícia e se você faz parte desse público, fique por dentro do assunto lendo o texto a seguir:

” 50% Dos Brasileiros Tem Direito a Isenção de Até 30% no Valor do Carro  “

Lei Pouco Conhecida Faz Erivelton Comprar Renegade por Valor de um Uno.

 

Quem é fã desse veículo de duas rodas, já deve ter se imaginado pilotando os modelos mais esperados do ano. Já pensou em dirigir a nova Biz 2020 sem precisar comprar o modelo?

Bem, essa novidade pode estar mais próxima do que você imagina e mesmo que não estejamos falando de motocicletas a motor, pode ser bem viável encontrar uma motocicleta elétrica para facilitar o seu dia a dia.

E como isso seria possível?

Recentemente, a Uber lançou em Paris a opção de alugar motos elétricas através do aplicativo de celular, proporcionado muita praticidade e economia para os usuários.

” 50% Dos Brasileiros Tem Direito a Isenção de Até 30% no Valor do Carro  “

Lei Pouco Conhecida Faz Erivelton Comprar Renegade por Valor de um Uno.

 

Apesar da novidade ainda não ter chegado ao Brasil, você que não pode aguardar os lançamento das motos desse ano, como a Bros 2020não estará perdendo por aguardar também a chegada desse recurso.

Por enquanto, essa opção ainda está em fase de teste e por isso, pode levar algum tempo para que o aplicativo seja aperfeiçoado para essa função.

Entretanto, a Uber tem uma expectativa muito grande nesse recurso e tudo indica que se os testes derem certo, a ideia possa ganhar proporções maiores!

Como funciona o serviço?

A ideia de promover o aluguel de motos elétricas passou a ser possível em novembro através de uma parceria da Uber com a Cityscoot, empresa de transporte.

Cerca de 4 mil motocicletas ficarão a disposição dos usuários, que poderão solicitar o serviço através de seus respectivos cadastros no aplicativo.

É preciso ressaltar também que os usuários da nova função precisam cumprir o regulamento de trânsito e o que está previsto no próprio app, como por exemplo, a cobrança de cerca de R$ 1,35 por minuto de aluguel.

Você pode até estar pensando que o valor é alto, mas é interessante lembrar que as motocicletas conseguem percorrer distâncias longas em menos tempo e por isso, o serviço não ficará tão caro.

 

O que você achou? Deixe sua opinião